MARINGÁ

UEM conquista certificado internacional de universidade sustentável

A Universidade Estadual de Maringá (UEM) conquistou o primeiro lugar entre as instituições paranaenses no ranking internacional de sustentabilidade UI GreenMetric World University Rankings. Ficou na 18ª posição no grupo de brasileiras e 459ª no mundo. A publicação é realizada pela Universidade da Indonésia desde 2010. O objetivo é aumentar a conscientização das universidades em relação à sustentabilidade.

A primeira participação da UEM foi em 2016, na época recebeu a classificação 428 entre 516 universidades internacionais. Desde então, a quantidade de instituições aumentou, assim como a pontuação da universidade maringaense. Em 2019, das 780 universidades participantes a UEM foi 604ª. Já em 2020 subiu para 537ª e no ano seguinte foi para o degrau 505ª. No ranking deste ano, 1050 instituições de 85 países foram avaliadas e a UEM conquistou a posição de 459ª universidade mais sustentável do mundo e a número um do Paraná.

A avaliação é feita em seis categorias, são elas: Energia e das Alterações Climáticas; Resíduos; Configuração e Infraestrutura; Água; Transporte; e Educação. A UEM alcançou notas altas em praticamente todas, mas se destacou principalmente nas quatro últimas listadas chegando perto do indice máximo. Conquistando média total de 62,70%.

A UI GreenMetric coleta dados por meio de um questionário online, onde juntas são enviadas provas e resultados dos trabalhos referentes a cada categoria, são as chamadas evidências. Depois disso, os membros especialistas e revisores da publicação validam as respostas com base nas evidências fornecidas pelos participantes. O ranking classifica as universidades de várias partes do mundo com base no compromisso e ações para sustentabilidade.