POLICIA

Sob comoção, investigador encontrado morto é sepultado em Maringá

Foi sepultado na tarde deste domingo, 23, o corpo do investigador da Polícia Civil Ricardo Seki de Morais, de 44 anos. Ele foi encontrado morto dentro de casa no último sábado. De acordo com informações repassadas à imprensa, o policial morreu em decorrência de causas naturais.

Seki era separado e pai de um menino. O investigador trabalhou por um bom tempo na Divisão de Furtos e Roubos da 09°SDP, e ultimamente atuava no plantão da Delegacia. Ricardo era muito querido pelos colegas de profissão. O SINCLAPOL (SINDICATO DAS CLASSES POLICIAIS CIVIS DO PR) emitiu uma nota lamentando a morte do Investigador.

NOTA DO SINCLAPOL

É com profundo pesar que o SINCLAPOL-PR informa o falecimento do INVESTIGADOR DE POLÍCIA da 9ª SDP de Maringá, Ricardo Seki de Morais, neste sábado (22). Os colegas, associados e toda a diretoria executiva do sindicato prestam as mais sinceras condolências e solidariedade aos familiares e amigos.

Morais ingressou na Polícia Civil em 2010.