DESTAQUES DO DIA

“Serviço de Inspeção Municipal de Produtos de Origem Animal” monitora cerca de 155 estabelecimentos de Maringá

Ações de órgãos como o Serviço de Inspeção Municipal de Produtos de Origem Animal (SIM/POA), da Secretaria de Trabalho, Renda e Agricultura Familiar (Setrab), acompanha de perto as atividades dos estabelecimentos. Atualmente, há 155 estabelecimentos registrados no SIM/POA, que passam por vistorias frequentes.

As vistorias verificam se os procedimentos são feitos corretamente, garantindo produtos de qualidade para o consumidor. “Temos uma grande preocupação em ter somente alimentos de qualidade vendidos em Maringá. É um trabalho que garante a saúde e bem-estar do maringaense”, comenta o secretário de Trabalho, Francisco Favoto.

O SIM/POA verifica segmentos de embutidos, laticínios, entrepostos, beneficiamento de mel, carnes, entre outros. Nos procedimentos feitos em um açougue ou supermercado, por exemplo, a venda direta no balcão para o consumidor é fiscalizada pela Vigilância Sanitária, com procedimentos do Ministério da Saúde. Mas caso os alimentos sejam manipulados, fracionados e/ou embalados, cabe vistoria do SIM/POA, com procedimentos do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

Em setembro, uma vistoria de rotina do SIM/POA em um açougue da cidade flagrou uma situação de risco à saúde pública, com alimentos sem data de validade, ambiente sujo, ferrugem nos equipamentos, entre outros problemas. O estabelecimento foi interditado e 817 quilos de alimentos foram descartados.

Ampliação – A Prefeitura de Maringá trabalha para ampliar a atuação das empresas com o SIM/POA. Foi solicitado ao Governo do Paraná a inclusão das empresas maringaenses ao Sistema Unificado Estadual de Sanidade Agroindustrial Familiar, Artesanal e de Pequeno Porte (SUSAF), o que possibilitaria comercializar os produtos também em outras cidades paranaenses e não somente em Maringá. “Com isso, vamos ampliar os investimentos nas empresas locais e gerar mais emprego e renda”, explica o médico veterinário e gerente de Agricultura, Pecuária e Inspeção, da Setrab, Lucas Vinícius de Souza.

Esse trabalho da Setrab é reforçado por vistorias da Vigilância Sanitária e do Procon, que verificam outros aspectos dos estabelecimentos comerciais, visando melhores serviços, produtos com qualidade e preços justos ao consumidor.