BRASIL E MUNDO DESTAQUES DO DIA

Quarteto de brasileiros trabalha na arbitragem de Croácia e Marrocos

Fora a Copa do Catar após ser eliminado nos pênaltis pela Croácia, o Brasil ainda tem na competição seus representantes na arbitragem. E quatro deles estarão envolvidos na decisão do terceiro lugar, neste sábado, às 12h, entre Croácia e Marrocos, no Estádio Khalifa International.

Raphael Claus foi escalado para atuar como quarto árbitro, enquanto Neuza Back trabalhará como árbitra assistente reserva. Já Bruno Pires ficará como responsável pelos lances de impedimento pelo VAR, enquanto Bruno Boschilia será assistente reserva do VAR. O árbitro da partida será o qatari Abdulrahman Al-Jassim.

Claus, ao lado de Wilton Pereira Sampaio, representou o Brasil como árbitro principal em dois confrontos da Copa do Qatar: Inglaterra 6 x 2 Irã, em que virou assunto nas redes sociais pelos 24 minutos de acréscimos, e Canadá 1 x 2 Marrocos. Ele ainda foi quarto árbitro na histórica classificação de Marrocos diante da Espanha, pelas oitavas de final.

Já Wilton Pereira Sampaio deixa o Qatar com quatro partidas na conta, todas elas como árbitro principal: Senegal 0 x 2 Holanda, Polônia 2 x 0 Arábia Saudita, Holanda 3 x 1 Estados Unidos e Inglaterra 1 x 2 França, jogo em que foi criticado especialmente pelos ingleses.

Na grande decisão, o escolhido da Fifa para apitar o jogo entre Argentina x França foi o polonês Szymon Marciniak, que apitou dois jogos neste Mundial, ambos envolvendo os finalistas: França 2 x 1 Dinamarca, pela fase de grupos, e Argentina 2 x 1 Austrália, pelas oitavas de final.

 

Neuza Back será assistente reserva no quadro de árbitros para a partida deste sábado entre croatas e marroquinos. Crédito: Divulgação/Fifa