MARINGÁ

Projeto de Clóvis Pontes leva cafeterias a incentivar crianças a se expressar por meio da arte

Café, arte e criança – tudo a ver. É isto que se depreende do projeto “Café e Arte – Eu me expresso” que o comunicador Clóvis Pontes está apresentando às cafeterias com o fito de inspirar empresas que trabalham com café a encampar a ação para incentivar crianças a se expressarem por meio da arte. Segundo Pontes, ao motivar as crianças a mostrar sua percepção de mundo por meio da arte, também as empresas estarão se expressando, bem como seus clientes e as pessoas que vão apreciar a obra junto com um bom café.

Clóvis Pontes, editor do site Café em Pauta e apresentador de entrevistas no canal Café em Pauta, no YouTube, tem grande trânsito junto às cafeterias e todas as instâncias da cadeia do café de qualidade, do plantio à xícara, por isso quer o envolvimento de todos ligados a essa cadeia, até porque não se trata de uma cafeteria concorrer com outra e sim somar em favor da arte, da criança e da expressão.

“Café é arte, tanto na produção, quanto no preparo, logo quem está envolvido com esta arte vai saber incentivar crianças a fazer arte”, diz o comunicador.

A ideia é que as cafeterias usem suas redes de comunicação e seu contato com as pessoas para incentivar crianças a se expressarem por meio de pinturas. Como é tempo de comunicação pela internet, poderão participar cafeterias e crianças de todos os lugares. Os trabalhos serão analisados e uma comissão vai selecionar 30 deles, que serão emoldurados e participarão de exposição itinerante que vai percorrer as cafeterias parceiras do projeto. Isto significa que a exposição poderá ir a diferentes Estados, levando cada vez mais longe o trabalho das crianças.

clóvis pontes

Clóvis Pontes diz que, além de incentivar a arte das crianças e depois divulgá-la, o “Café e Arte – eu me expresso” é também um projeto solidário, pois as pinturas, que as crianças farão livremente, sem interferência de adultos, serão leiloadas no final para que o dinheiro sirva para incentivar os pequenos artistas a se aprofundar na arte.

“Quando soube como é o projeto, me tornei parceira na hora”, disse a advogada Bianca Pietrobon, uma apreciadora de bom café, tão apreciadora que há um ano criou sua própria cafeteria, a Flow SuperCoffee, na Avenida São Paulo, em frente ao Parque do Ingá. Segundo ela, “o projeto tem tudo a ver com a filosofia da nossa cafeteria, que é somar, agregar, incentivar. A ideia do Clóvis é incentivar a arte, incentivar a criança a se expressar, mostrar sua percepção do mundo através da arte. A da nossa casa também”.

Nesta segunda-feira Clóvis Pontes leva a ideia a um grupo de apreciadores de café na Cafeteria Alma, na Avenida Paraná, e nos próximos dias fará o mesmo em outros estabelecimentos em Maringá, no Paraná e em outros Estados.