PARANÁ

Procon encontra diferença de até 28% no preço do gás de cozinha em Maringá

Procon de Maringá divulgou nesta terça-feira (18) o resultado de uma pesquisa feita na segunda, sobre o preço do gás de cozinha vendido em Maringá. Foram comparados valores de 44 estabelecimentos em diferentes regiões da cidade. A pesquisa é sobre o botijão de 13 quilos do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), chamado de gás de cozinha. Antes, as comparações eram somente com valores para entrega. Agora é feita com entrega e também retirada do produto nas lojas.

A maior diferença registrada foi para a retirada do produto, com 28,01%, sendo o mais barato de R$ R$ 89,99 e o mais caro R$ 125. Já para entrega do botijão, a diferença ficou em 13,04%, sendo o mais barato R$ 115 e o mais caro R$ 130. “É quase 30% de diferença nos preços. É muita coisa. Vale o consumidor pesquisar antes de comprar para saber onde está mais barato”, orienta o coordenador do Procon, Flávio Mantovani.

O órgão de defesa do consumidor informa que os preços têm alteração diária, conforme cada estabelecimento. Os valores são para pagamento à vista e não foram consideradas promoções. E também pode variar o custo para entrega conforme a região da cidade. Na pesquisa realizada em janeiro desse ano, a diferença foi de 18,18% na entrega, sendo o preço mais barato de R$ 110 e o mais caro R$ 135.

Confiança

Para garantir que o consumidor tenha os melhores serviços, produtos de qualidade e preços justos, o Procon de Maringá já realizou pesquisas ou vistorias esse ano em bancos, livrarias, postos de combustíveis, farmácias, peixarias, distribuidoras de gás, lojas de shopping, do comércio de rua, hospitais, entre outros.

• CANAIS DO PROCON:

• Denúncia: (44) 98402-0433 ou 98402-0278
• Atendimento: 151
• E-mail: procon@maringa.pr.gov.br
• Instagram: @proconmaringa

 

 • Confira os dados completos da pesquisa sobre gás de cozinha.