POLICIA

Policial militar acusado de matar três homens na região de Maringá é absolvido

O soldado aposentado da Polícia Militar (PM) Zeferino Pozzonofe foi absolvido da acusação de triplo homicídio qualificado. Ele foi julgado nesta terça-feira, 8, no Fórum de Santa Fé (a 50 quilômetros de Maringá). O policial era acusado de matar três pessoas durante uma abordagem no município de Munhoz de Mello (a 45 quilômetros de Maringá). O júri durou quase 10 horas.

O fato ocorreu em junho de 2011. De acordo com o relato do policial, ele fazia o patrulhamento sozinho de madrugada quando viu três homens em atitude suspeita, no Centro da cidade. A PM informou a época, que os homens eram investigados por comprar drogas em Santa Fé e revender no município.

Durante a abordagem, um dos homens sacou uma faca e teria atacado o policial que sacou sua arma e atirou duas vezes. João Luiz Duarte, que tinha 26 anos, morreu na hora. Em seguida, outros dois homens teriam partido para cima do policial, tentando tomar a arma dele.

Um deles também estaria armado com uma faca. Para se defender, o soldado efetuou vários disparos, matando os outros dois homens. Eles foram identificados como Gilmar José dos Santos, com 28 anos e Aguinaldo Rodrigues, de 25 anos.

O policial envolvido se feriu e chegou a ser encaminhado ao Hospital Metropolitano. “Os jurados entenderam que o policial não tinha opção, era matar ou morrer. Ele se defendeu e isso ficou provado”, afirmou o advogado criminalista José Carlos Ragiotto, que defende o policial.