POLICIA

Polícia prende suspeito de integrar quadrilha envolvida com golpe do bilhete em Maringá

Uma ocorrência registrada nesta terça-feira (10), mobilizou as forças de segurança de Maringá. O caso que em um primeiro momento era tratado como um possível sequestro relâmpago, resultou em tiros, perseguição e uma pessoa presa. Na delegacia de Policia Civil, tudo foi esclarecido. Conforme o delegado operacional da 9ª Subdivisão Policial (SDP) – Laércio Cardoso Fahur, uma quadrilha de estelionatários estava tentando aplicar o golpe do bilhete – em uma aposentada.

A ação foi presenciada por um agente da Policia Federal, que já vinha investigando os suspeitos. No mês de dezembro, a mãe desse agente federal, havia sido vítima da quadrilha. A mulher repassou ao filho as características dos golpistas e do suposto carro usado. O agente teve acesso a imagens de câmeras de segurança, que auxiliou na identificação do veículo.

Nesta terça-feira, trafegando pela Avenida Cerro Azul, o policial avistou o veículo suspeito. Ele tentou realizar a abordagem dos indivíduos, porém o motorista do automóvel fugiu e outros fugiram a pé. O policial efetuou disparos de advertência – para evitar a fuga dos criminosos. Câmeras de segurança filmaram a ação do Agente Federal.

Após uma ação conjunta das polícias Civil, Militar e Federal, o carro foi encontrado abandonado e um suspeito foi preso. O bando que a princípio seria do Rio Grande do Sul, estava tentando aplicar o golpe em uma idosa que foi mantida refém, porém minutos depois ela foi liberada. Na delegacia, o preso ficou em silêncio. Ele foi autuado em flagrante pelo crime de estelionato e associação criminosa.

O restante do bando já foi identificado pelos policiais. Um deles é foragido da Justiça. O caso segue sob investigação.