PARANÁ

Pesquisar preços dos repelentes é a melhor indicação, revela pesquisa do Procon de Sarandi

De olho nos preços dos repelentes. Com a alta no número de casos de dengue na região, os consumidores devem ficar de olho nos preços praticados dos repelentes (uma das formas de se proteger do mosquito) nos estabelecimentos. Em pesquisa realizada em 31 empresas nos dias 26 e 27 de fevereiro, o Procon de Sarandi constatou diferença de até 169% nos valores comercializados na cidade.

“Importante que o consumidor esteja verificando também informações tais como prazo de validade, qualidade e origem, se a embalagem está íntegra e sempre solicitar a nota fiscal para eventuais reclamações”, orienta o coordenador do Procon Sarandi, Lucas Dornellos.

Veja pesquisa completa aqui