DESTAQUES DO DIA POLICIA

Pedreiro é baleado por engano em Marialva

Um pedreiro, de 54 anos, teria sido baleado por engano, após uma confusão envolvendo outras pessoas no local onde ele estava trabalhando, nesta sexta-feira, 16, no Residencial Luzia Megiatto, em Marialva. O suspeito de ser o autor do crime já teria sido identificado. Ele fugiu e ainda não foi encontrado.

Conforme o que foi levantado na cena do crime, o alvo do atirador seria um casal, dono da propriedade onde o pedreiro trabalhava na ampliação e reforma de uma residência.

A polícia apura a informação de que teria ocorrido uma discussão entre o casal e o atirador, que deixou o endereço e voltou armado para matar o homem e a mulher. O pedreiro teria sido baleado ao tentar evitar que o casal fosse morto, entrando na frente do atirador, que estaria com um revólver, segundo a Guarda Civil Municipal de Marialva, que ajudou no atendimento a ocorrência.

O pedreiro foi socorrido em estado grave por unidades do Samu e trazido pelo helicóptero da equipe Aeromédica até o Hospital Universitário de Maringá. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.