PARANÁ

Operação que apura fraude bilionária em importação de combustível cumpre mandados em Maringá

Uma operação, que apura fraude bilionária na importação de combustível, foi deflagrada nesta quinta-feira, 16. Batizada de Operação Ilusão, a ação cumpre 14 mandados de busca e apreensão. Entre as cidades-alvo estão Maringá e Foz do Iguaçu no Paraná, e São Paulo, Santos e Campinas, no estado de São Paulo. A investigação foi conduzida pela Polícia Federal e Receita Federal.

De acordo com a Polícia Federal, a investigação apontou possível fraude na importação de R$ 1,2 bilhão em combustíveis sem o recolhimento de R$ 324,7 milhões em tributos. Segundo a PF, os investigados atuavam com uma empresa criada para ocultar a verdadeira importadora de combustíveis.

Na forma de agir, de acordo com a polícia, a empresa verdadeira usava outros empreendimentos como testa-de-ferro, ou seja, uma espécie de fachada. O objetivo era postergar o pagamento de tributos. Essas empresas, segundo as investigações, responderam ações judiciais durante a pandemia de coronavírus.

De acordo com as investigações, quando a empresa recebia uma decisão liminar em um dos processos, ficava isenta do recolhimento dos impostos até a liminar ser suspensa, e então era feita importação em nome dessa empresa que respondia a ação.

Os investigados poderão ser processados e julgados por fraude processual e falsidade ideológica, evasão de divisas e associação ou organização criminosa.