PARANÁ

Obras das bases dos viadutos de Sarandi estão de acordo com o cronograma, diz DER

Os viadutos que vão permitir que os moradores de Sarandi cruzem a BR-376 sem risco de acidente já estão com a parte mais complicada bastante adiantada. Segundo o Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER), já foram executadosu 27,46% da obra, o que significa que a construção está dentro do cronograma da Secretaria de Infraestrutura e Logística (SEIL).

As estruturas, na BR-376, ficam ma altura da Avenida Rio de Janeiro e Avenida Brasil e terão a função de retorno em desnível para condutores da rodovia, sendo uma ligação entre as vias marginais da rodovia. Não havia cruzamentos nestes pontos, o que obrigava veículos a irem até a Avenida Londrina ou Avenida Borsari Neto, até então os únicos pontos de cruzamento entre as zonas norte e sul de Sarandi.

As obras dos novos viadutos de Sarandi foram licitadas na modalidade Concorrência com regime de Contratação Integrada (CI), em que é contratada a elaboração do projeto básico e do projeto executivo de engenharia, e execução da obra.

Os viadutos também vão facilitar a mudança de uma via marginal para a outra, assim como acesso mais seguro à própria rodovia.

O investimento na obra é de R$ 36,8 milhões.

As obras acontecem em ambos os lados da rodovia, ocupando o canteiro entre o eixo central e as marginais, que têm a denominação Rua Antônio Volpato e Avenida Ademar Bornia, bem como a faixa mais externa de ambas as pistas da BR-376.

Os serviços estão concentrados em finalizar a infraestrutura dos viadutos, composta por estacas e blocos de fundação, já implantando os pilares da mesoestrutura. Também estão sendo instalados os dispositivos do sistema de drenagem de águas dos viadutos e seus acessos, composto por bueiros e bocas de lobo.

No canteiro de obras estão sendo montadas as vigas longarinas que serão lançadas futuramente sobre os pilares, bem como as pré-lajes que servem como base para concretagem da laje, todos dispositivos da superestrutura dos viadutos.