MARINGÁ

Natal: Movimento em shoppings deve ser um dos melhores dos últimos anos

A onze dias para o Natal, o movimento nos shoppings de Maringá é intenso. A estimativa é de um dos melhores natais dos últimos tempos, muito por conta da pandemia que atrapalhou o planejamento de empresários e comerciantes nos dois anos anteriores. Mesmo para quem abriu um espaço neste ano, as perspectivas são as melhores. A empresária Luciana Wolf, tem um quiosque bem pertinho da casa do Papai e Mamãe Noel. Um ponto estratégico para alavancar as vendas.

“Essa época é uma época mágica, as pessoas sempre vêm para o shopping próximo ao Papai Noel, todo mundo alegre, procurando opções de presentes”, disse Luciana.

Um dos locais mais visitados, e não poderia ser diferente, é a casa do papai e da mamãe noel. Aqui, eles ouvem os pedidos das crianças, dos jovens e também dos adultos. O Silvio Aparecido Baldo trabalha como “bom velhinho” há cinco anos. Para ele, é bom estar aqui para fazer este trabalho.

“A gente fica feliz em receber as crianças. […] Até os adultos vem tirar fotos com o Papai Noel e pedir presentes também”, disse Silvio.

A mamãe Noel é a Inês Fava Demari que faz este trabalho há dez anos. Todos os dias são sete horas recebendo as pessoas. É um misto de sentimentos em ouvir as pessoas mas também emocionante.

“É muito bom, é prazeroso a gente ver as crianças, a gente ver a magia do Natal”, disse Inês.

Por outro lado, os filhos querem visitar a casinha do papai Noel. E os pais têm quase que uma parada obrigatória. O segurança André Augusto de Souza e a esposa trouxeram a filha Amably de 2 anos. Preservar a magia do Natal é muito bom para a família

“É bem legar trazer as crianças, ver elas felizes”, disse André.

Até o dia 24 de dezembro, o comércio deve registrar uma boa movimentação de consumidores. Uma pesquisa da Associação Comercial e Empresarial de Maringá (ACIM), mostrou que 43% dos consumidores devem gastar mais para a data do que no ano passado. A pesquisa revela que 44% comprarão presentes e 30% ainda não definiram. Para a maioria, 53%, os gastos serão de, pelo menos, de R$ 500,00 com os presentes.