DESTAQUES DO DIA

Mulheres fazem roda de conversa neste domingo, 25, para falar sobre prazer feminino

A vereadora pelo Partido Verde (PV) de Curitiba, ginecologista e médica legista do Instituto Médico Legal (IML) Maria Letícia Fagundes, que esteve em Maringá em abril para a ação de combate ao feminicídio “Queremos todas vivas”, está de volta à cidade neste domingo, 25, para uma roda de conversa sobre prazer feminino. O evento “Desmistificando o prazer”, que acontece às 15h30 no Studio Raquel Pagani (Avenida Nóbrega, 536, ao lado do Bosque 2), é dirigido às mulheres, mas aberto também aos homens.

Além de Maria Letícia, a psicóloga Carmen Cuenca, que trabalha com abordagem sistêmica, com grande experiência no atendimento a casais e é uma das palestrantes do Grupo União Flor de Lótus.

Com 25 anos de trabalho na Polícia Científica como médica legista no IML de Curitiba, a agora candidata a deputada estadual passou anos atendendo vítimas de violência. O contato direto com tantas mulheres e crianças vítimas de violência doméstica e de gênero fez surgir na médica-legista a necessidade de oferecer um apoio maior do que o que lhes era ofertado durante as consultas.

Em 2012, fundou a ONG Mais Marias, organização que nasceu com o compromisso de informar a sociedade sobre a Lei Maria da Penha. Com a ONG, passou anos realizando palestras em comunidades de vários bairros de Curitiba, Região Metropolitana e interior do Estado, dando orientação para vítimas de violência.

Triatleta e corredora de rua, Maria Leticia também é a idealizadora da Corrida e Caminhada Mais Marias Contra a Violência, que reúne centenas de apoiadores da causa.

Durante a roda de conversa, Maria Letícia pretende falar também sobre saúde em geral e saúde da mulher.