DESTAQUES DO DIA

Movimento inicia estratégia para ter mais mulheres no poder nas eleições de 2024

Mulheres de diferentes partidos e ideologias se reúnem nesta segunda-feira, 27, no Plenarinho da Câmara Municipal de Maringá para dar início às ações que possam viabilizar uma maior participação feminina nas eleições de 2024. Será a primeira reunião do ano do Movimento Mais Mulheres no Poder, o MMMP, formado durante a pré-campanha das eleições municipais de 2020 e com grande atuação nas eleições gerais de 2022.

A reunião começa às 19 horas e será aberta às instegrantes e outras mulheres que tenham intenção de se candidatar no ano que vem, além de mulheres interessadas em participar da eleição como voluntárias, ajudando as candidatas de sua preferência.

Segundo a vereadora Ana Lúcia Rodrigues (PDT), que foi eleita em 2020 e disputou uma vaga de deputada estadual em 2022, o Mais Mulheres no Poder luta por uma participação maior das mulheres na política, tanto em cargos eletivos quanto em funções de primeiro e segundo escalões nas diferentes esferas de poder. Ela lembra que o movimento foi criado e é formado por mulheres de diferentes partidos, tanto de direita quanto de esquerda, que buscam visibilidade para aumentar suas chances de eleição.

Um dos objetivos que motivaram a criação do MMMP é assegurar que não haja candidaturas fictícias de mulheres apenas para cumprir a cota de 30%. Caso alguma integrante do grupo seja eleita, ela terá o compromisso de defender políticas públicas em prol das mulheres e cobrar do Executivo a destinação de um porcentual do orçamento para políticas de combate à violência contra a mulher.