DESTAQUES DO DIA POLICIA

Morre no hospital, jovem que foi baleada na cabeça por causa de som alto em Sarandi.

Morreu no Hospital Metropolitano de Sarandi, durante a madrugada desta segunda-feira (5) Larissa Aciole da Silva de 25 anos, ela acabou sendo baleada na cabeça no fim da madrugada deste domingo (04/12). Durante o período da noite do mesmo dia o falecimento foi confirmado por familiares da moça.
A jovem foi atingida pelo tiro dentro da sua própria residência onde morava com a família na Rua Diamantino, no Jardim Esperança, em Sarandi, Noroeste do Paraná.
A motivação do ocorrido seria por causa de uma briga devido a som alto.
O próprio vizinho é suspeito de ter sido o autor do disparo. Durante a noite ele teria reclamado, a jovem e amigos estavam escutando músicas e fumando narguilé. Houve uma discussão. O vizinho sacou de uma arma e atirou para cima, os amigos da jovem que também portavam uma arma de fogo, logo depois no período da madrugada deste domingo, realizaram vários disparos contra a residência do vizinho.
O homem armado saiu da sua casa e realizou vários disparos revidando. Um dos tiros acabou atingindo a porta da casa de Larissa onde o projétil atravessou e acabou acertando a cabeça da jovem.
Larissa recebeu atendimento por parte das equipes de socorro onde foi encaminhada ao Hospital Metropolitano de Sarandi.
O vizinho autor dos disparos fugiu junto com os filhos em um carro. Um trabalho de perícia foi realizado no local pelo Instituto de Criminalística, durante o início do trabalho de investigação, a Polícia Civil prendeu o pai do autor, ele é suspeito de ter entrado junto com o filho dentro da casa da vítima no momento do desentendimento.
O principal suspeito do crime identificado como Wallace Silvio Rodrigues da Silva, segue foragido. A polícia busca pelo acusado.

Adicionar Comentário

Deixe aqui seu comentário

3 + um =