DESTAQUES DO DIA MARINGÁ

Maringá gera 1.099 vagas de emprego com carteira assinada em fevereiro

O mês de fevereiro fechou no azul para o mercado de trabalho formal em Maringá. Segundo dados do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged), divulgados pelo Ministério do Trabalho e Emprego na tarde desta quarta-feira, 29, o saldo é de 1.099 novos postos.

Esse número é resultado da diferença entre admissões (8.596 trabalhadores) e desligamentos (7.497), durante o segundo mês de 2023.

Todos os setores analisados tiveram desempenho positivo. O destaque fica com Serviços, que gerou sozinho 534 novas vagas de emprego. Depois, aparecem as seguintes áreas: Construção (+250), Comércio (+158), Indústria (+123) e Agropecuária (+34).

BRASIL
Em todo o país, o saldo de fevereiro ficou em 241.785 novas vagas de emprego formal. Ou seja, o número de contratações (1.949.844) ficou acima das demissões (1.708.059).

Assim como em Maringá, o setor de Serviços puxou a fila na geração de postos de trabalho, com 164.200; seguido da Indústria (+40.380), Construção (+22.246) e Agropecuária (+16.284). Apenas o Comércio ficou no vermelho, com perda de -1.325 vagas.