MARINGÁ

Manifestantes interditam avenida e transporte público acaba afetado

A segunda-feira, 31, começou com protestos em Maringá. Inconformados com a derrota nas eleições de domingo, 30, apoiadores do presidente Jair Bolsonaro, derrotado por Luiz Inácio Lula da Silva, foram até a avenida Morangueira e interditaram a via. Como consequência, um grande congestionamento se formou no local.

Os manifestantes colocaram fogo em pneus e durante horas liberavam apenas a passagem de ambulâncias. Após a chegada da Polícia Militar (PM), os manifestantes liberaram a passagem de veículos de passeio, mas mantinham a restrição a caminhões e ônibus.

Além do transtorno no trânsito, o protesto também afetou a rotina do transporte coletivo. É que uma das garagens da empresa que presta o serviço em Maringá fica na avenida e os ônibus não conseguiam passar para chegar ao terminal central.

Segundo a empresa, 30% da frota está parada. Não houve prisões e o protesto segue de forma pacífica, porém, alguns manifestantes ouvidos pela reportagem da TV Maringá disseram que não aceitam o resultado.