DESTAQUES DO DIA POLICIA

Família é alvo de operação por fraude em licitações da Sanepar

fraude-sanepar-licitacoes-familia

Uma família investigada por fraude em licitações da Sanepar é alvo de operação da Polícia Civil na manhã desta terça-feira (11). Foram cumpridos 16 mandados de busca e apreensão em endereços ligados aos suspeitos.

De acordo com a polícia, a associação criminosa montada pelos membros da mesma família foi responsável por fraude em processos de licitação da Sanepar e adulteração e entrega de mercadorias na empresa. A ação aconteceu em Curitiba, São José dos Pinhais, Araucária e Pinhais, na Região Metropolitana da capital paranaense.

De acordo com a delegada Waleska Souza Martins, a identificação da quadrilha e a forma como eles agiam só foi possível graças a uma complexa investigação.

“Evidenciou-se uma associação criminosa integrada por pessoas de uma mesma família, que constituíam diversas pessoas jurídicas para participação em processos licitatórios promovidos pela Sanepar”, afirma a delegada.

Fraude na Sanepar: como agia a família suspeita

Depois de vencerem as licitações, quando chegava o momento da execução do contrato, as empresas frias não entregavam os materiais, ou entregavam com a qualidade abaixo do que era exigido no edital.

A partir disso, a Sanepar aplicava as sanções administrativas à empresa em questão, como a suspensão temporária de participar de outras licitações e o impedimento de fazer contratos com a administração público.

No entanto, a quadrilha criava uma nova pessoa jurídica, aparentando ser uma empresa diferente daquela que já tinha sido punida, para continuar aplicando os golpes na Sanepar.

Até a publicação desta matéria, não havia informações sobre prisões relacionadas à operação.

O que a Sanepar diz sobre a investigação

Em nota enviada à imprensa, a Sanepar informa que não é parte do processo e está colaborando com a investigação – os documentos enviados pela estatal à Polícia Civil ajudaram a embasar a operação deflagrada hoje.

A Companhia também reforça que adota um Programa de Integridade e um Código de Conduta específico para terceiros para garantir que as empresas que fechem contratos com a estatal sigam a legislação e uma conduta ética. Veja abaixo a nota na íntegra:

A Sanepar não é parte no processo e colabora com a investigação. A Companhia já havia suspendido as empresas depois de identificadas irregularidades no cumprimento dos contratos. A Companhia encaminhou ainda todas as informações às autoridades competentes para devida apuração, o que motivou a operação da data de hoje.

A Sanepar segue um rigoroso sistema de governança e compliance que se aplica na relação com seus fornecedores. A Companhia tem um Programa de Integridade e um Código de Conduta específicos para Terceiros. O objetivo é determinar que esses agentes sigam uma conduta ética, a legislação, especialmente a Lei Anticorrupção, e que combatam e denunciem qualquer prática que suscite riscos à integridade da Companhia.

Os documentos são públicos e podem ser acessados nos links:

Código de Conduta e Integridade – Sanepar

Programa de Integridade para Terceiros – Sanepar