POLICIA

Em atentado a tiros, dois são baleados em Maringá. Um morreu no local

A Polícia Civil de Maringá, através da DHPP (Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa) – investiga um atentado a tiros que resultou em duas pessoas baleadas, sendo que uma delas morreu no local. Diego Fernando Gomes dos Santos, de 29 anos, foi atingido por vários tiros e não resistiu. O amigo dele, Mateus Ferreira, de 26 – foi alvejado em uma das pernas e sobreviveu.

O rapaz foi socorrido e encaminhado até o Hospital Universitário. O fato ocorreu na noite deste sábado (15), na Rua Colômbia a poucos metros do cruzamento com a Avenida Franklin Delano Roosevelt – no Jardim Alvorada. As vítimas ocupavam um veículo Fiat Palio, quando estacionaram defronte a uma casa – e foram surpreendidas pelo atirador.

Mesmo feridos, os rapazes desceram do carro e correram. Porém, poucos metros a frente Diego caiu sobre a calçada. Moradores ligaram para a PM. Várias equipes foram até o local e isolaram a cena do crime. O delegado titular da DHPP – Diego Elias Almeida, e um investigador compareceram no local e já deram início ao trabalho investigativo. Conforme a autoridade policial, o crime está relacionado à uma dívida de drogas.

O principal suspeito de ser o executor já foi identificado. Após os procedimentos de praxe, o corpo da vítima foi removido e encaminhado para o IML de Maringá. Familiares e amigos do rapaz estiveram na cena do ocorrido. No dia 26 de Março deste ano – Diego foi o autor de um assassinato registrado na Rua Paranaguá. Ele matou a tiros – o estudante Eliezer Croiaflet Gonçalves de 18 anos.

O crime foi filmado por uma câmera de segurança. Diego se apresentou na DHPP, levou a arma usada na execução, e
durante interrogatório – confessou o crime. Ele disse que agiu em legítima defesa de uma terceira pessoa – no caso a namorada dele. Na época – Diego foi ouvido e liberado.