DESTAQUES DO DIA

Documentário sobre o padre Scherer chega ao público no dia 3

A história do padre Emílio Clemente Scherer, que construiu as duas primeiras capelas em Maringá, marcando a presença do catolicismo em um momento em que chegavam à região os primeiros desbravadores, será revelada no documentário “Scherer: do nazismo à terra vermelha”, que será lançado pelo historiador Miguel Fernando no próximo dia 3, às 20 horas, no Cineflix, sala de cinema do Maringá Park Shopping.

Durante o lançamento, no piso térreo do shopping será lançada uma exposição de fotos dos bastidores das filmagens, assinadas pela diretora de fotografia Lírica Aragão, e de documentos raros sobre o personagem retratado, o padre alemão que no Brasil ficou conhecido como Emílio Clemente Scherer.

“A exposição traz duas frentes: a primeira apresenta as locações onde nós passamos para produzir o documentário, os cenários no Brasil e na Europa. A segunda foi desenvolvida pelo pesquisador José Carlos Cecilio, parceiro do Maringá Histórica, e traz livros, documentos e alguns elementos raros sobre esse personagem”, explica o idealizador e realizador do projeto, Miguel Fernando.

“Eu pesquiso a história de Maringá desde sempre. Está em elaboração um livro que contará a história mais antiga da cidade (anos 1930 a 1960). O Padre Emilio praticamente começa esta história”, comenta o pesquisador José Carlos Cecilio. “Fui coletando material há quase dez anos sobre a Fazenda São Bonifácio e o Padre. Comprei livros escritos por ele, pesquisando sites na Alemanha, etc. A ideia é somar com acervo físico ao documentário. Valorizo o acervo físico. Não podemos deixar a história da cidade somente no mundo virtual”, diz.

Já as fotografias de Lírica Aragão registram os lugares por onde a equipe passou durante as filmagens, que ocorreram no mês de novembro de 2022. Dentre os cenários percorridos estão Maringá, Rolândia, São Paulo, Mutzig e Estrasburgo (França), Londres (Inglaterra), Stuttgart, Munique e Metten (Alemanha). “Essa exposição é muito importante porque mostra um pouco do filme fora da tela. Os stills de cinema são importantes pra contar todo o enredo do filme através das fotografias. Foi um grande desafio pra contar essa narrativa”, comenta Lírica.

padre Scherer
Foto: Lírica Aragão

A exposição fica em cartaz até o dia 31 de maio com entrada gratuita. O documentário reconstitui parte da biografia deste importante e controverso personagem, que chegou em Maringá em 1939 e aqui fez construir a primeira capela, chamada São Bonifácio, localizada no atual Conjunto Cidade Alta. Scherer foi o primeiro padre de Maringá e, anos depois, também liderou a construção da Capela Santa Cruz. Após o lançamento, o filme ficará disponível gratuitamente no canal do YouTube do Maringá Histórica, inclusive com versões acessíveis em Libras e audiodescrição. A classificação é livre, destinada a todos os públicos.