DESTAQUES DO DIA

DER conclui licitação de dois viadutos na BR-376, em Sarandi

A empresa Arteleste Construções, de São José dos Pinhais, com “know-how” em construções pesadas desde 1981, vai construir os dois viadutos na BR-376, na área urbana de Sarandi, licitados pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER) do Paraná.

A Arteleste arrematou a disputa de preços realizada no final de março, com o valor negociado de R$ 36.800.000, teve a sua documentação e planilha de preço atualizada aprovadas pela comissão de julgamento do DER/PR, sendo estes os critérios decisivos do edital.

Com a publicação, tem início período para interposição de recursos quanto ao resultado, de três dias úteis, seguido por igual período para contrarrazões da vencedora, caso haja algum recurso. Concluída esta etapa, a licitação segue para homologação do resultado, que também será publicada em diário oficial e no portal Compras Paraná.

A obra prevê duas interseções em desnível ligando as vias marginais da BR-376, as avenidas Antônio Volpato e Ademar Bornia, passando sobre as pistas principais da rodovia federal através de dois viadutos alongados, em formato ferradura, funcionando como bolsões incorporados às marginais.

Os novos viadutos terão 760 metros de extensão e serão construídos do km 181,34 ao km 182,10 da BR-376, nas alturas da Avenida Rio de Janeiro e Avenida Brasil. A passarela metálica para pedestres no local será realocada.

Além de servir como retornos para o tráfego de longa distância, os viadutos também serão ligação entre as regiões Norte e Sul do município, cuja travessia atualmente é realizada nos viadutos próximos da Avenida Londrina, que ficam a 1,2 km de distância.

A licitação dos dois viadutos na BR-376 é feita na modalidade Concorrência com regime de Contratação Integrada (CI), prevendo a elaboração do projeto básico e do projeto executivo de engenharia, e a execução da obra, todos no mesmo contrato. A previsão de execução, após emissão de ordem de serviço, é de 12 meses, com os primeiros meses dedicados aos projetos e serviços iniciando no trecho a partir do sexto mês.