PARANÁ

Curitiba tem pelo menos 14 shows internacionais confirmados até 2023, oito deles de grande porte

FILA PARA COMPRA DE INGRESSOS DO COLDPLAY

Após praticamente dois anos sem apresentações ao vivo por causa da Covid-19, os shows internacionais voltaram com toda força. E em Curitiba não é diferente, aliás o calendário está mais cheio que nos anos anteriores à pandemia. Até o fim deste ano e em 2023, já são pelo menos 14 shows internacionais marcados na capital paranaense, oito deles considerados de grande porte, na Pedreira Paulo Leminski e no estádio Couto Pereira. Os estilos vão desde o rock pop adocicado do Coldplay e de Harry Styles, já esgotado, passando pelo indie do Arctic Monkeys até o rock mais pesado do Mötley Crüe, anunciado ontem.

Nesta quinta-feira (20), a procura pela compra de ingressos para o show dos britânicos do Coldplay na capital paranaense, no dia 21 de março de 2021, foi uma demonstração de que o público curitibano está ansioso por estas apresentações. Os ingressos se esgotaram em poucos minutos no site Eventim e as filas nas bilheterias físicas no estádio Couto Pereira começaram na quarta (19) e chegaram a dar a volta no estádio. A procura foi tanta que a produtora Live Nation abriu uma nova data em Curitiba: dia 22 de março. As vendas de entradas para a nova data começam hoje às 10 horas no site Eventim e às 11 horas na bilheteria física no estádio. Os preços para ver o Coldplay variam de R$ R$ 245 (meia arquibancada) a R$ 980 (inteira pista premium).

Ontem também foi anunciado que Curitiba receberá em 9 de março de 2023 a “The World Tour”, do Def Leppard e Mötley Crüe.  A venda para o público geral começa no dia 25 de outubro a partir das 10h online e 11h nas bilheterias oficiais. Os ingressos, que podem ser adquiridos em até 5x sem juros, estarão disponíveis online (www.eventim.com.br) e na bilheteria oficial no Couto Pereira, em Curitiba. Os preços variam de R$ 195 (meia na arquibancada) a R$ 850 (inteira na Premium).

Também vale a pena lembrar que neste ano já passaram por aqui Metallica, Kiss, A-ha, Iron Maiden, Gorillaz e Guns n´Roses, entre os considerados grandes shows. E o Imagine Dragons, que se apresentaria em 25 de outubro, adiou o show para 2023, ainda em data a definir. A maioria deles com ingressos esgotados.

Red Hot Chili Peppers e My Chemical Romance estão no radar

Segundo fontes consultadas pelo Bem Paraná, o grupo californiano Red Hot Chili Peppers pode confirmar Curitiba entre as cidades que receberão a nova turnê #UnlimitedLove, que conta com retorno do guitarrista John Frusciante. A expectativa é que o anúncio seja feito até o fim de outubro.

Quatorze anos depois de sua primeira, e única, visita ao Brasil, a banda My Chemical Romance, liderada pelo vocalista  Gerard Way, também está no radar das produtoras para tocar na capital paranaense novamente. Está em estudo, um festival do chamado estilo Emo em Curitiba. O anúncio é aguardado para o mês de novembro.

Fã raiz

Coldplay: curitibana conta sobre a saga de 17 horas na fila para comprar ingresso

Marielle Blaskievicz, publicitária, 42 anos, ficou durante 17 horas na fila no Couto Pereira, em Curitiba, para comprar o ingresso para o show do Coldplay em Curitiba, que acontecerá em 21 de março do ano que vem. Ela contou à reportagem do Bem Paraná que a longa espera teve chuva, alguns perrengues, mas muita diversão e solidariedade.

“Desde 2016, eu tenho vontade de ir no show do Coldplay. Sempre tentei comprar para shows em outras cidades do País. Eu tentei comprar em abril para São Paulo, não consegui. Depois consegui comprar para o Rio de Janeiro, mas as passagens estavam muito caras e eu não poderia ir. No fim acabaram adiando. Quando soube que eles viriam para Curitiba, pensei: agora é a minha hora”, contou Marielle. A publicitária confessou que não dormia bem desde o anúncio do show: “Fiquei feliz, mas muito eufórica e preocupada se eu conseguiria”. Ela e sua amiga chegaram à fila por volta das 20 horas de quarta (19) e pegaram a senha 127: “Já tinha muita gente na frente, mas ficamos perto da igreja Perpétuo do Socorro. . Levamos comida, refrigerante, cadeira, cobertor, sombrinha, capa de chuva. Foi muito divertido, conhecemos muita gente, ouvimos e cantamos músicas do Coldplay. Tinha gente de barraca, familiares que levavam comida e apoio moral”, disse ela, emocionada.