DESTAQUES DO DIA MARINGÁ

Comerciante suspeito de matar idoso, se apresenta e é liberado

A vítima morreu após ter sido vítima de um atropelamento ocorrido de forma proposital. O acidente aconteceu na última sexta, 20.

O comerciante Gilvan Alves Pozo, de 60 anos, principal suspeito de matar o idoso Valdemar dos Santos, de 69 anos, na manhã da última sexta-feira (20) na zona norte de Maringá, se apresentou na DHPP (Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa). A vítima morreu após ter sido vítima de um atropelamento ocorrido de forma proposital.

Pozo, chegou a delegacia por volta das 16h desta segunda-feira (23), e estava acompanhado de um advogado criminalista. Durante depoimento, ele confirmou que realmente conduzia a caminhonete Fiat Toro, que atingiu a vítima. Também disse ter agido em legítima defesa.

Segundo o comerciante – Valdemar foi até o seu estabelecimento cobrar uma dívida, porém, de forma ríspida e desferindo ameaças. Em um certo momento o idoso teria ameaçado sacar uma arma, com medo – ele entrou no veículo e atropelou o homem que teve morte instantânea.

Após o depoimento, Gilvan foi liberado pela autoridade policial que preside o inquérito. O comerciante já conta com antecedentes criminais. O veículo atropelador foi apreendido e será periciado pelo Instituto de Criminalistica (Polícia Científica). O comerciante já tem um antecedente criminal por ameaça.

Leonardo Filho com informações do Repórter Corujão