POLICIA

Com mandado em Maringá, polícia prende grupo que desviava malte de cervejarias do Brasil

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) deflagrou nesta quarta-feira (4), uma operação com o objetivo de cumprir 33 mandados de busca e apreensão decorrente de uma investigação contra organizações criminosas responsáveis por desviar malte de grandes cervejarias do Brasil. Estima-se que o prejuízo à indústria nos últimos 2 anos seja superior a R$ 40 milhões.

A ação acontece simultaneamente em Ponta Grossa, Umuarama, Maringá, Alto Paraná, Contenda e Lapa. A PCPR ainda conta com o apoio da Polícia Civil do Rio Grande do Sul, no cumprimento de um mandado em Passo Fundo.

Durante as investigações de alta complexidade, três pessoas já foram presas em flagrante. Os indivíduos desviavam o malte da empresa inicial e, antes de entregar para a indústria de destino, abatiam o produto, misturavam com palha e, posteriormente, revendiam o malte original.

Conforme apurado, os integrantes das organizações criminosas atuavam nesta prática há alguns anos e ostentavam vidas de luxo, com carros esportivos e casas de alto padrão.

O balanço da operação será divulgado