MARINGÁ

casal de Maringá tem santuário de araras e outras aves

O casal Carlos Fernandes Amorim Neto, 40 anos, e Camila Carniatto Fernandes Amorim, 31 anos, dedicam a vida para cuidar diariamente de cerca de 80 aves silvestres, dentre elas, araras, tucanos, papagaios e outras. A maioria foi apreendida em operações ambientais contra o tráfico internacional de aves. O casal ainda tem uma lhama, mamífero dócil da América do Sul muito comum na Cordilheira dos Andes.

O casal, que é apaixonado por animais, recebe as aves de órgãos ambientais justamente por conta do trabalho diferenciado que fazem dando dignidade aos animais. Neto começou a cuidar de aves ainda criança. “Desde pequeno eu sempre gostei e cuidei de aves. Essa paixão só foi crescendo ao longo do tempo e hoje vivo um sonho, que é ajudar a restaurar a vida dessas aves”, disse ao jornalista e apresentador do Tarde na Band, Fábio Guillen.

Camila é formada em Direito, mas a paixão pelas aves a levou para a faculdade de Biologia. A graduação será concluída esse ano. “Eu amo isso. É um privilégio poder cuidar das aves”, comentou.

A reportagem foi ao ar durante o programa Tarde na Band, da TV Maringá, nesta segunda-feira, 20. O apresentador Fábio Guillen ficou encantado com as aves e se divertiu bastante durante as gravações na casa do casal, em um condomínio de chácaras da cidade. O casal disse que em março deste ano vai inaugurar um zoológico com as aves em um parque aquático de Iguaraçu. Mais informações no Instagram @zoocasadasararas.

 

 

Leia Mais em:
Notícias de Maringá