MARINGÁ

Câmara realiza sessão extraordinária e aprova reajuste de 6% a servidores do executivo e legislativo

Em sessão extraordinária realizada nesta terça-feira (21), a Câmara de Maringá aprovou o reajuste dos servidores municipais. A votação foi logo na sequência à sessão ordinária. Isto foi necessário para votar, antes do fechamento da folha de pagamento, a concessão da reposição inflacionária nos salários dos servidores públicos municipais, incluindo vereadores, prefeito e vice, secretários e comissionados.

Com 12 votos, foi aprovado, em segunda discussão, o projeto de lei complementar 2208/2023, de autoria do Poder Executivo, concedendo reposição salarial de 6%, a partir de 1o de março de 2023, aos servidores públicos municipais ativos, inativos, pensionistas, empregados públicos, funções gratificadas, cargos comissionados e subsídios do Poder Executivo da Administração Pública Municipal direta e indireta.

O mesmo projeto também aumentou o auxílio-alimentação para R$ 480 com participação de 15% do trabalhador beneficiado. Com 13 votos, foi aprovado, em segunda discussão, o projeto de lei 16629/2023, de autoria da Mesa Executiva, concedendo a reposição inflacionária às remunerações e subsídios do Poder Legislativo, de 6%, a partir de 1o de março de 2023. O texto também inclui aumento de 12,78% ao vale-alimentação sobre o valor vigente.