DESTAQUES DO DIA ESPORTE

Athletico vence o Cascavel de virada no Olímpico e abre vantagem na final

Ao derrotar o Cascavel no jogo de ida da final do Campeonato Paranaense, o Athletico já colocou uma das mãos na taça e tem tudo a seu favor para levantar o título de campeão: vai decidir o título em seu estádio, com sua torcida e ainda podendo dar-se ao luxo de nem precisar vencer. O Rubro-Negro precisa de um empate para conquistar o seu 27º título paranaense.

Quem foi ao Estádio Olímpico Regional, de Cascavel, neste sábado, 1º, assistiu a um primeiro tempo que nem de longe seria admissível em uma decisão de campeonato, morno, com poucos ataques, nenhum deles levando algum perigo.

Porém, depois de um primeiro tempo zerado, o torcedor viu um segundo tempo com mais ataques e três gols. O treinador da Serpente, Luis Carlos Cruz, buscou ainda mais ofensividade, realizando quatro substituições, um por desgaste e as demais por estratégia. Com isso, o Cascavel foi para cima do time visitante, aos 26 minutos da segunda etapa, em lance de escanteio Lucas Batatinha faz de cabeça e abre o placar aproveitando uma falha da defesa adversária. Porém, a alegria durou pouco. Apenas dois minutos depois, em lance semelhante, o Athletico empata o jogo, com Erick, também de cabeça.

E depois de o próprio Erick ser expulso, o Athletico segurou a pressão e ainda teve fôlego para encurralar o adversário nos instantes finais. E o gol da virada athleticana saiu aos 55 minutos, portanto, no décimo minuto dos acréscimos. O árbitro marcou pênalti por toque de mão de César Morais dentro da área. Vitor Roque cobrou com tranquilidade no meio e garantiu ao time da Capital o direito de jogar por um empate.

O Furacão segue imbatível no Estadual. Agora, são 15 vitórias em 16 jogos disputados – aproveitamento de 95,83% dos pontos disputados.

Athletico e FC Cascavel disputam o segundo jogo da final do Paranaense no próximo domingo, 9, às 17 horas, na Arena da Baixada. Antes da decisão, o Furacão inicia a participação na Libertadores contra o Alianza Lima, na terça-feira, às 19 horas, no Peru.

 

Público e Renda

Total:         26.155

Pagante:   24.957

Renda:      R$ 855.946