POLICIA

A Prefeitura de Curitiba iniciou testes com um equipamento capaz de flagrar o excesso de ruído gerado nas ruas

A Prefeitura de Curitiba iniciou testes com um equipamento capaz de flagrar o excesso de ruído gerado nas ruas

principalmente por sistemas de escapamento de carros e motocicletas fora do padrão ou customizados. Já usada em países como a França, a iniciativa é inédita no Brasil. Como é uma tecnologia nova no país, não pode ser utilizada para autos de infrações. Instalado na Avenida Victor Ferreira do Amaral, perto do Jockey Plaza, no bairro Tarumã, o equipamento foi desenvolvido pela empresa Perkons em parceria com a Superintendência de Trânsito (Setran). O aparelho foi instalado na Avenida Victor Ferreira do Amaral, junto a um equipamento de fiscalização eletrônica que já faz a medição de velocidade dos veículos. O detector de ruídos capta imagens e aúdios de veículos que estejam emitindo ruídos acima do permitido de forma automática, como explica o o diretor técnico da Perkons, Régis Nishimoto. Como é uma tecnologia nova no país, o equipamento não pode ser utilizado para autos de infrações, pois ainda necessita de homologação do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) e da regulamentação de órgãos como o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) e do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama).